Economize!

A Cigás possui as soluções energéticas que fazem você economizar ainda mais.

Ligue agora mesmo para 0800 723 3202 ou 3303-3243 e veja como!

O gás natural apresenta uma variedade de aplicações, com grandes vantagens tanto do ponto de vista econômico quanto do ambiental e social, podendo ser usado nos segmentos a seguir descritos.

ICONES TÉRMICOTermoelétrico
A geração de energia elétrica a partir do gás natural é feita através da queima do gás combustível em turbinas ou motores a gás ou bicombustíveis.
O crescimento do uso dessa tecnologia ocorreu nos últimos 20 anos e, neste século, a tendência é o aumento de sua utilização como fonte energética, rendendo ao gás natural o apelido de “energia do século XXI”.

Principais vantagens:
• Baixo impacto ambiental;
• Maior segurança em comparação à geração de energia nas termoelétricas convencionais, que utilizam carvão e óleo como fontes energéticas;
• Dispensa áreas para estocagem de carvão ou parque de tanques de óleo;
• Necessidade de poucos funcionários para o seu funcionamento.

ICONES INDUSTRIALIndustrial
É na indústria que o gás natural pode mostrar toda a sua versatilidade de combustível nobre e eficiente, de queima constante e limpa, ideal para produções de alto valor agregado, como cerâmicas finas, vidros e metalurgia. Setores como o de cerâmica branca e vidros são altamente dependentes do gás natural e têm por tendência instalar suas indústrias em locais onde exista disponibilidade deste energético.

Principais vantagens:
• Relação custo x benefício muito atraente;
• Combustão completa e “limpa”, isto é, emite baixas quantidades de agentes poluentes na natureza;
• Aumenta a vida útil dos equipamentos que o utilizam;
• Diminui os custos com a manutenção desses equipamentos;
• Reduz o tempo de parada das máquinas para manutenção (garantia de continuidade da produção);
• Não está sujeito a quedas de energia (que podem causar danos aos equipamentos, como acontece com a eletricidade);
• Não precisa ser estocado, diminuindo custos com armazenamento;
• Permite o reaproveitamento das áreas que, antes, eram utilizadas para estocagem de combustível;
• Oferece menos riscos de combustão (redução de custos com seguro);
• Seu transporte através de dutos evita despesas com frete rodoviário;
• Reduz o movimento de caminhões nas fábricas;
• Só é pago após a sua utilização;
• Não precisa ser aquecido;
• Possui alto rendimento térmico.

ICONES COMERCIALComercial
No segmento comercial, o gás natural aumenta significativamente a rentabilidade quanto à qualidade dos serviços de um empreendimento. Hotéis, shoppings, hospitais, supermercados, motéis e restaurantes são exemplos de consumidores potenciais do produto utilizado para cocção, climatização de ambientes e geração de água quente para chuveiros, entre outras aplicações.
Mas é o aproveitamento do gás natural em unidades de cogeração (produção de energia térmica e elétrica) que proporciona uma solução completa, conferindo maior competitividade e eficiência aos empreendimentos que disponibilizam boa infraestrutura, aliadas ao uso de um energético limpo e versátil como o gás natural.

Principais vantagens:
• Fornecimento contínuo (dispensa troca de botijões);
• Na falta de energia elétrica, os equipamentos continuam funcionando;
• Chama constante e uniforme (representa maior intervalo na regulagem dos equipamentos);
• Diminuição dos riscos de acidentes, pois o gás natural não é armazenado em cilindros, como acontece com o GLP, o gás liquefeito de petróleo (ou “gás de cozinha”).

ICONES GNVAutomotivo
O gás natural para uso automotivo, genericamente chamado de GNV (Gás Natural Veicular), tem grande uso em veículos leves (táxis e particulares), além de veículos médios de transporte de pessoas ou carga.
Cresce no mundo inteiro o uso urbano de GNV, devido ao fato de ser mais econômico que os seus concorrentes, tanto do ponto de vista do preço e do rendimento, como na manutenção dos veículos, sem esquecer dos benefícios ambientais.

Principais vantagens:
• Representa economia nos custos de manutenção dos veículos;
• A queima não produz depósitos de carbono nas partes internas do motor, aumentando a vida útil do equipamento;
• Elimina as possibilidades de contaminação ou adulteração;
• Permite uma combustão completa e segura;
• Segurança: durante o abastecimento, o GNV não entra em contato com o ar, impossibilitando a combustão e reduzindo os riscos de acidente.

ICONES COGERAÇÃOCogeração
A cogeração é a produção simultânea e de forma sequenciada de duas ou mais formas de energia a partir de um único combustível. O processo mais comum é a produção de eletricidade e energia térmica (calor ou frio) a partir do uso de gás natural e/ou de biomassa, entre outros.

Principais vantagens:
• Eleva a confiabilidade de suprimento de energia elétrica e térmica;
• Rendimento em torno de 85% da energia da combustão do gás natural;
• Autonomia na produção de utilidades como vapor, água quente, frio, entre outros;
• Aumento da confiabilidade de suprimento de energia elétrica e térmica.

ICONES MATÉRIA PRIMAMatéria-prima
A utilização mais nobre, que valoriza e confere ao insumo gás natural maior valor agregado, é sua aplicação para a geração de combustíveis sintéticos e de petroquímicos (base da indústria moderna). Entre os combustíveis que podem ser gerados a partir do gás natural estão à gasolina, nafta, querosene, gasóleo, óleos lubrificantes, óleo diesel e parafina. A produção de petroquímicos a partir do gás natural é conhecida como gasoquímica.

Principais vantagens:
• Através da gasoquímica, conseguem-se obter os mesmos produtos gerados pelas petroquímicas, que são à base da indústria moderna;
• Comparada com a produção tradicional, a produção de petroquímicos a partir do gás natural proporciona redução expressiva de impactos ambientais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *