Comercial

montagem-seg-comercialNo segmento comercial, o gás natural aumenta significativamente a rentabilidade quanto à qualidade dos serviços de um empreendimento. Hotéis, shoppings, hospitais, supermercados, motéis e restaurantes são exemplos de consumidores potenciais do produto utilizado para cocção, climatização de ambientes e geração de água quente para chuveiros, entre outras aplicações.

Mas é o aproveitamento do gás natural em unidades de cogeração (produção de energia térmica e elétrica) que proporciona uma solução completa, conferindo maior competitividade e eficiência aos empreendimentos que disponibilizam boa infraestrutura, aliadas ao uso de um energético limpo e versátil como o gás natural.

Principais vantagens:
• Fornecimento contínuo (dispensa troca de botijões);
• Na falta de energia elétrica, os equipamentos continuam funcionando;
• Chama constante e uniforme (representa maior intervalo na regulagem dos equipamentos);
• Diminuição dos riscos de acidentes, pois o gás natural não é armazenado em cilindros, como acontece com o GLP, o gás liquefeito de petróleo (ou “gás de cozinha”).