Obras

Status

Projeto Vieiralves

Semana – 1 a 2 de marçoImagem1

Neste período, a Cigás irá executar construção e instalação de caixa de válvulas no Conjunto Vieiralves, pintura de caixas de válvula nas Avenidas Djalma Batista e Darcy Vargas.

Respeitando a comunidade envolvida na obra, a Companhia atuará de domingo à quinta-feira, das 21h às 5h30, e aos domingos de 7h às 17h, de modo a amenizar os transtornos.

Vale ressaltar que as obras da Cigás sempre estão bem sinalizadas.

Para mais informações ligue 117, o novo número de atendimento da Cigás.

 

Método construtivo

O método utilizado pela Cigás em 100% dos projetos de expansão da Rede de Distribuição de Gás Natural é o não-destrutivo, a partir de um procedimento de perfuração subterrânea, chamado furo direcional, uma das mais modernas técnicas de engenharia da atualidade. A perfuratriz utilizada na implementação das tubulações tem como objetivo poupar ao máximo a superfície, além de reduzir o impacto ambiental e visual, proporcionando uma obra mais limpa.

Para qualquer obra de expansão da rede, são meses de planejamento que antecedem as primeiras sinalizações da via envolvida, após trabalhos com topografia, elaboração de projetos, sondagens, cadastramento de interferências e o uso de técnicas com georadar, visando garantir a execução do furo sem incidentes em outras redes subterrâneas. Uma série de procedimentos que garantem as licenças necessárias ao projeto.

Após a chegada das tubulações de aço carbono, a via é sinalizada. Neste momento iniciam os procedimentos de preparação dos dutos, posicionados ainda na superfície, na direção em que serão introduzidos no subsolo. A partir de então, é realizado o procedimento de soldagem. Para este serviço, somente um soldador especializado TIG (sigla em inglês de Tungsten Inert Gas) possui competência para atuar.

Da mesma forma, um profissional especializado é responsável pela realização de ultrassom na tubulação, afim de detectar eventuais falhas na soldagem. Em seguida, a estrutura recebe o revestimento de mantas, que protegem de corrosão as juntas soldadas, e a verificação de toda a tubulação por meio de um equipamento chamado Holiday Detector, que constata possíveis falhas no revestimento. Executadas todas as etapas de preparação do duto, finalmente o processo de furo direcional está pronto para ter início.

Uma máquina perfuratriz de última geração realiza a navegação no subsolo para verificar a profundidade, conforme projeto. Feita a ligação via subsolo de um ponto a outro, ocorre a introdução do duto até a área de desemboque. E assim o procedimento será repetido de trecho em trecho, com a conexão das extremidades da tubulação, que é chamado de Fechamento de Tie-In.

Finalizada a etapa de furo direcional, o duto ainda recebe testes de limpeza e pressão e, por fim, inertização, com fluxo interno de nitrogênio. E pronto: a rede está preparada para distribuição de gás natural sem riscos de explosão e deteorização dos dutos. As pequenas escavações são recuperadas e a via, já com a opção do gás natural nas redondezas, é liberada para o fluxo normal.

 

Cuidados com a rede

A rede de distribuição de Gás Natural da Cigás é subterrânea e bem sinalizada. De posse de um equipamento resistente, como uma escavadeira, uma pessoa desavisada teria que ignorar as sinalizações na superfície e no subsolo, escavar cinco etapas no solo (asfalto, brita graduada, solo proveniente da escavação, placas de concreto e areia adensada) e ainda tentar perfurar um duto de aço carbono, que é muito resistente. Em caso de serviços que envolvam escavação próxima à rede, é recomendável entrar em contato com a Companhia para que seja feito um acompanhamento do serviço, de modo a garantir a segurança da ação.

Sem título

 

Em casos de sinistros ou acidentes na rede de Gás Natural, é necessário entrar em contato imediato com a Cigás, através do número 117, e com o Corpo de Bombeiros, no 193.

 

VAI ESCAVAR? VERIFIQUE ANTES SE O LOCAL POSSUI REDE DE DISTRIBUIÇÃO DA CIGÁS. ENTRE EM CONTATO ATRAVÉS DO 117 E TIRE SUAS DÚVIDAS OU PEÇA UM ACOMPANHAMENTO DE UM DE NOSSOS TÉCNICOS.